Semana de Protesto e Acção

SEMANA DE PROTESTO E ACÇÃO
de 12 a 17 Dezembro

    CONTRA O AUMENTO DO HORÁRIO DE TRABALHO

    CONTRA O TRABALHO FORÇADO  

    PELO EMPREGO; SALÁRIOS; DIREITOS

A LUTA CONTINUA NOS LOCAIS DE TRABALHO E NA RUA!

 

 

 

 

Dia 12

LISBOA
TRIBUNA PÚBLICA DO STAL – Entrega de Petição, na Assembleia da República, pela defesa do Poder Local Democrático, contra a redução de autarquias e de trabalhadores, durante a Tribuna Pública que se realiza frente ao Parlamento, assinalando o 35.º aniversário das primeiras eleições autárquicas realizadas em Portugal após o 25 de Abril de 1974.

LEIRIA
TRIBUNA PÚBLICA, com trabalhadores da Empresa “BONVIDA”, pelas 10H30, na BATALHA, junto à Câmara Municipal, promovida pela União dos Sindicatos de Leiria.

COIMBRA
Cordão humano de activistas e trabalhadores do sector da Hotelaria, pelas 16H00, com deslocação pelo centro da cidade de Coimbra até à sede da Associação Patronal do Sector da Hotelaria e Restauração onde se fez entrega de uma Moção em defesa da negociação do CCT e de aumentos salariais e onde se fez a reafirmação de que não iremos aceitar o aumento de horário de trabalho no sector.

Dia 13

SETÚBAL
CORDÃO HUMANO, pelas 16H30, da Praça do Brasil para o Largo da Misericórdia, em Setúbal, pelo Emprego, Salários e Direitos, promovido pela União dos Sindicatos de Setúbal.

VILA REAL
Concentração de trabalhadores e outras camadas da população, na Avenida Carvalho Araújo – Largo do Pelourinho, em Vila Real, pelas 17H00, promovida pela União dos Sindicatos de Vila Real.

FECTRANS / LISBOA
CONCENTRAÇÃO dos trabalhadores das empresas do sector dos transportes e comunicações, em Lisboa, às 14H00, em frente ao Ministério das Finanças e às 15H00 em frente ao Ministério da Economia.

FESAHT / LISBOA
CONCENTRAÇÃO de activistas e trabalhadores da Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo, às 16H15, no cruzamento da Rua do Carmo com a Praça D. Pedro V, com deslocação ao Ministério da Economia (Rua da Horta Seca).

FESETE/PORTO
Concentração de trabalhadores do sector Têxtil, Vestuário e Calçado, no Largo do Toural em Guimarães, às 14.30h, inserida na Semana de Luta da CGTP-IN, em defesa dos direitos, dos horários de trabalho e da contratação colectiva

Dia 14

LISBOA
Marcha contra o aumento do horário e o roubo nos salários, promovida pela União dos Sindicatos de Lisboa, com concentração no Largo do Camões, pelas 17H00 e deslocação para o Ministério das Finanças (Praça do Comércio).

aveiro
Concentração de activistas sindicais, reformados, desempregados e trabalhadores designadamente dos turnos, dos sectores público e privado, promovida pela União dos Sindicatos de Aveiro, pelas 15H30, em Aveiro

FIEQUIMETAL / LISBOA
Greve de uma hora (10H30 às 11H30) dos trabalhadores da empresa Janz Contagem e Gestão de Fluidos, em Lisboa, com concentração à porta da empresa, antecedida de plenário, das 8H30 às 10H30.

 

Dia 15

PORTO
Concentração de activistas e outras camadas da população, promovida pela União dos Sindicatos do Porto, junto ao Ministério do Emprego (Inspecção do Trabalho), na Av. Boavista, às 11H00, Deslocação à CIP, junto da Exponor, pelas 15H00; Concentração de trabalhadores e população, na Praça da Batalha às 17H00.

ÉVORA
Concentração trabalhadores à porta da kemet às 10H30 em Évora, com a solidariedade dos trabalhadores do distrito com a luta deste trabalhadores e em particular os 30 trabalhadores colocados num lay off fraudulento.

STEFFA’S/LISBOA
CONCENTRAÇÃO de Dirigentes, Delegados e Activistas Sindicais do Sindicato dos Trabalhadores Civis das Forças Armadas, Estabelecimentos Fabris e Empresas de Defesa junto do Ministério da Defesa, da parte da manhã, tendo por objectivo exigir explicações por parte do MDN em relação ao futuro dos quatro Estabelecimentos Fabris do Exército (OGFE - Oficinas Gerais de Fardamento e Equipamento, OGME - Oficinas Gerais de Material de Engenharia, LMPQF - Laboratório Militar de Produtos Químicos e Farmacêuticos e MM - Manutenção Militar), bem como sobre a situação vivida na Arsenal do Alfeite, SA, empresa que está sem trabalho.

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA/LISBOA
Cordão Humano de dirigentes, delegados e activistas sindicais da Administração Pública, do Marquês de Pombal para o Ministério das Finanças, contra o roubo dos salários, pensões, subsídios e outros direitos

 

Dia 16

Braga
Concentração de activistas e trabalhadores na Av. Central, promovida pela União dos Sindicatos de Braga, com activistas e trabalhadores, às 14H30, e manifestação até à Segurança Social.

LEIRIA
CORDÃO HUMANO de trabalhadores e activistas, com concentração junto ao Posto de Turismo, pelas 17H30, promovida pela União dos Sindicatos de Leiria.

CASTELO BRANCO
VIGILIA de activistas e trabalhadores junto à Câmara Municipal de Castelo Branco, a partir das 16H30, promovida pela União dos Sindicatos de castelo Branco.

FESAHT / LISBOA
Greve dos trabalhadores da Empresa ACRAL, do Sector das Moagens, de Torres Vedras, em decisão tomada em Plenário de Trabalhadores. Esta Greve realiza-se por falta de pagamento de salários.

GUARDA
Concentração de trabalhadores à porta da Empresa Dura, pelas 15H30; Concentração de trabalhadores e deslocação em cordão humano até à porta da VIVACI, pelas 17H30;

ÉVORA
Tribuna Pública na Praça do Sertório às 10H30, contra o aumento do horário de trabalho; contra o trabalho forçado  ; pelo emprego; salários; direitos

COIMBRA
Concentração de activistas e trabalhadores dos Estaleiros Navais do Mondego junto à Câmara Municipal da Figueira da Foz, pelas 09H00, com deslocação a Lisboa, ao Ministério da Economia e Emprego e à Assembleia da República.

BEJA
Concentração de activistas e trabalhadores de vários sectores de actividade, nas Portas de Mértola, em Beja, (local conhecido por Meia Laranja) pelas 11H00, com a instalação da ÁRVORE DE NATAL DO PROTESTO E INDIGNAÇÃO.

 

Interjovem

Saudação da Interjovem

A Interjovem/CGTP-IN saúda os jovens trabalhadores que têm contribuído para a intensificação da luta nas empresas, serviços e locais de trabalho. D...

Inter-reformados

CIMH