Acção e Luta

Casino Lisboa Promove Imagem Publicitária Atentatória da Dignidade das Mulheres

Nota à Comunicação Social

 

 

 

 

 

 

Nota à Comunicação Social

 

 

 

 

NO ANO EUROPEU DA IGUALDADE DE OPORTUNIDADES PARA TODOS E TODAS,

CASINO LISBOA PROMOVE IMAGEM PUBLICITÁRIA ATENTATÓRIA DA DIGNIDADE DAS MULHERES

 

 

 

 

Junto se envia carta dirigida à Entidade Reguladora da Comunicação Social, protestando com o facto de o Casino de Lisboa, empresa parceira da CITE no Projecto Diálogo Social e Igualdade nas Empresas destinado a promover a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens, estar a promover o espectáculo “Crazy Horse” por recurso a imagem publicitária atentatória da Dignidade das mulheres.

 

 

Comissão para a Igualdade entre Mulheres e Homens/CGTP-IN

Lisboa, 03de Abril de 2007

 

 

 

 


 

 

À

Entidade Reguladora da Comunicação Social

 

 

 

 

 

 

 

 

A Comissão para a Igualdade entre Mulheres e Homens da /GTP-IN vem, por este meio, denunciar junto da Entidade Reguladora da Comunicação social o anúncio publicitário do espectáculo “Crazy Horse”, anunciado no jornal Metro, no dia 30 de Março de 2007, com o patrocínio do Casino Lisboa, e apoiado pela revista Caras e TSF.

 

A CIMH/CGTP-IN chama a atenção para o facto desta empresa ser parceira da CITE, no Projecto Diálogo Social e Igualdade nas Empresas, destinado a promover a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens, onde o combate aos estereótipos é fundamental para a mudança das mentalidades e erradicação dos preconceitos que fomentam a discriminação em função do sexo.

 

Por esta razão, consideramos eticamente reprovável que o Casino Lisboa promova uma imagem publicitária onde, sugestivamente, se apela à utilização do corpo feminino como mero objecto de prazer mercantil, com base no estereótipo da mulher “sensual e submissa” em relação ao homem “racional e dominador”.

 

A CIMH/CGTP-IN considera que esta imagem é atentatória da dignidade das mulheres, tanto mais quando decorre o Ano Europeu para a Igualdade de Oportunidades para Todos e Todas, violando, assim, o princípio da igualdade de tratamento, da imagem e do bom-nome a que as mulheres, constitucionalmente, têm direito e exige que sejam tomadas medidas, por essa Entidade, no sentido da aplicação do Dec-Lei 330/90 (Código da Publicidade), de 23/10/1990, nomeadamente em relação às alíneas c) e d), do n.º 2, do Artigo 7.º (Princípio da licitude), e do respeito pelos direitos das mulheres.

 

 

Anexo: a imagem

 

ch

 

 

Interjovem

Saudação da Interjovem

A Interjovem/CGTP-IN saúda os jovens trabalhadores que no dia 31 de Março, em Lisboa e no Porto, saíram à rua em luta! Jovens trabalhadores de todo...

Inter-reformados

CIMH

Horários de trabalho em debate

A CIMH promove o Debate "Menos tempo no trabalho - mais vida para viver", no dia 12 de Maio, a partir das 10 horas, em Torres Novas (Auditório da B...