Acto público de solidariedade com a Palestina - 6 Julho

actopublico6julho2020fA CGTP-IN é uma das organizações promotoras de um acto público de solidariedade com a Palestina e de protesto contra a anexação e os crimes de Israel, que decorrerá na 2ª-feira, dia 6 de Julho, pelas 18h30 horas, no Largo Martim Moniz, em Lisboa.

Abaixo reproduzimos o texto do apelo conjunto das organizações promotoras e anexamos o respectivo cartaz.

«O novo governo de Israel anunciou a anexação de 30% da Cisjordânia, internacionalmente reconhecida como território palestiniano, a partir do dia 1 de Julho. Uma tal anexação visa inviabilizar a criação do Estado da Palestina, prometido desde há décadas por múltiplas resoluções da Assembleia Geral e do Conselho de Segurança da ONU.

A ameaça de anexação, inseparável da cumplicidade do Governo dos EUA e do Presidente Trump, é um atentado aos inalienáveis direitos do povo palestiniano. Ao rasgar décadas de promessas e resoluções, é também um atentado ao Direito Internacional, à Carta das Nações Unidas, e ao próprio conceito de resolução pacífica e política dos conflitos internacionais.

Estamos perante a ameaça dum crime que poderá incendiar a Palestina e todo o Médio Oriente e que é uma real ameaça à Paz mundial. É por isso imperativo travar os planos anexionistas dos governos de Israel e dos EUA.

Perante a gravidade e urgência da situação, as organizações signatárias chamam todos quantos são solidários com a justa causa do povo palestiniano, mas também de todos quantos defendem a Paz, a participar num acto público de protesto, na 2ª-feira dia 6 de Julho, pelas 18h30 horas, no Largo Martim Moniz, em Lisboa, onde, respeitando as disposições de saúde pública em vigor, se diga não à anexação e se dê voz à exigência de que o Governo de Portugal dela se demarque de forma clara e inequívoca.»

actopublico6julho2020v