Intervir e combater o assédio no trabalho

campanhaassedioO Assédio no trabalho apesar de não ser um assunto novo, é um problema laboral delicado, complexo, pouco discutido e pouco divulgado. Contudo é uma prática ilegal repetida e sistemática que afecta profundamente muitos trabalhadores e trabalhadoras e consequentemente as suas famílias.

O assédio tem por objectivo atingir a dignidade da vítima e a deterioração da sua integridade moral e física, é, também, um aproveitamento da debilidade ou fragilidade da vítima, da sua posição profissional hierarquicamente inferior ou da precariedade do respectivo vínculo laboral.

 

 


Parte desta opressão consiste em ataques verbais de conteúdo ofensivo ou humilhante e físicos, ou em actos mais subtis, podendo abranger a violência física e/ou psicológica, visando diminuir a auto-estima da vítima e, em última análise, a sua desvinculação ao posto de trabalho.

Esta realidade, por vezes, dissimulada, noutras, abafada, deve ser combatida por todos os cidadãos - trabalhadores e trabalhadoras, em particular. 

 A CGTP-IN, atenta às muitas experiências/denúncias que lhe chega, diz Não à tortura psicológica no trabalho. Da mesma forma como não é legitimo, nem é humano, alcançar produtividade por meio de torturas físicas, também não o é por meio de torturas psicológicas.

A Campanha de intervenção sindical "Romper com o Assédio" dá a conhecer para intervir e combater e é um instrumento de orientação para denunciar, agir e resolver. 

Veja aqui o que deve ser feito para contrariar situações de assédio e como pode exercer os seus Direitos.

assedio1   assedio2

ver FOLHETO

logos poph